• sac@festivaljpa.com.br
  • +55 (83) 3245-6856

Blog

Notícias e Novidades

2º FORUM DE GESTÃO DE VIAGENS CORPORATIVAS NO FESTIVAL JPA

A ABRACORP participou no dia 17 deste mês do 2º. FORUM DE GESTÃO DE VIAGENS CORPORATIVAS, realizado durante o 5º Festival de Turismo de João Pessoa, na Paraíba.

Participaram do fórum, além de Gervasio Tanabe, diretor executivo da ABRACORP, Marcus Abrantes, diretor da DJ Hotelaria, organizadora do evento, Rafael Lima, da AVIANCA, Wellington Costa, do GBTA e Wilson Nascimento, da Nivea.

Depois de uma breve apresentação sobre o cenário atual do setor, recheada com alguns importantes números do GBTA Index mostrando algumas perspectivas na America Latina, os debatedores discutiram temas que impactam, diariamente, a vida de toda a cadeia de viagens corporativas.

Desde temas técnicos como segurança da informação, com ênfase na discussão dos riscos de fraudes que estamos sujeitos, o tempo todo, o debate discutiu as políticas de tarifárias tanto da aviação como do segmento de hotelaria, cujas variações, muito grande nos preços praticados, causam distorções na cadeia, além do tema de receitas auxiliares e sua crescente participação nos resultados das companhias aéreas, principalmente. Segundo a Travelport, esse é a grande área de crescimento na relação entre as agências de viagens e esses fornecedores. Hoje, a relação é direta, não havendo qualquer interação por parte das agências de viagens, importante entender que ao envolver os canais de distribuição, as oportunidades de maximizar receitas é muito maior. O novo ambiente de compras da internet, motivado por 4 grandes necessidades da cadeia de fornecedores, a gestão de conteúdos, a segmentação de canais, as receitas auxiliares e a gestão de custos em cenários como o open booking, também foi amplamente discutido, enriquecido com as realidades vividas pelos debatedores, o que enriqueceu, muito, a qualidade do fórum.

Ponto muito debatido é o que pode acontecer com as agências de viagens ao longo de tantas mudanças e evoluções. O fato de termos tecnologia por si não garante nenhuma fidelidade na relação entre cliente e seu fornecedor, isso foi conclusão unânime entre os debatedores. A qualificação e a segmentação de negócios são o ponto nevrálgico e o divisor de águas entre uma relação de massa e uma relação personalizada, tão necessária e importante num mundo onde preços mudam a cada segundo, é entender a real necessidade do consumidor. Por outro lado, os modelos atuais de relacionamento também merecem uma revisão. Até quanto estamos comprometidos em trabalhar uma relação de médio ou longo prazo nos negócios corporativos? Essa é uma questão que sempre surge, especialmente num momento de estagnação econômica.

“A segunda edição do Fórum de gestão de viagens corporativas foi um sucesso porque trouxemos a João Pessoa, discussões atuais com pessoas que vivenciam o dia-a-dia. O que discutimos aqui serve como alerta para as empresas da região sobre o que estão fazendo e para onde seguem os negócios no mundo corporativo”, afirma Marcus Abrantes, da DH Hotéis, organizador do evento.

Com participações como essas, a ABRACORP entende que cumpre sua missão de ampliar, cada vez, o entendimento e as discussões sobre as demandas do setor de viagens corporativas. Vamos nos preparar para a 3ª edição.



Fonte: http://www.abracorp.org.br